Somar - 1000 Cooperados empreendedores_diretoria e formandos

Estudos comprovam que muitas micro e pequenas empresas fecham suas portas precocemente por três razões principais: falta de planejamento, erros administrativos, em especial na gestão financeira, e deficiências nas relações com o mercado e a concorrência. Com base nessas conclusões, a Sicoob Credicitrus decidiu lançar um programa educacional de longo prazo, denominado “1.000 Cooperados Empreendedores”. O objetivo é capacitar esse número de empresários no período máximo de dez anos, por meio de cursos focalizando os pontos falhos citados. É mais uma contribuição da Cooperativa aos seus associados, beneficiando os funcionários destes e as comunidades em que mantêm seus negócios.

O programa é realizado em parceria com o Sebrae, que elaborou todo o conteúdo dos cursos para atender às necessidades específicas dos cooperados. Cada curso tem 80 horas de duração e é ministrado no Centro de Formação Cooperativista “Leopoldo Pinto Uchôa”, em Bebedouro, por instrutores e consultores do próprio Sebrae, que também coordenam oficinas práticas e dão consultoria individual aos participantes.

Somar - 1000 cooperados empreendedores_formandos

A primeira turma do programa, composta por 25 cooperados proprietários de empresas, participou do curso no período de 23 de março a 6 de julho, data em que foi realizada a solenidade de encerramento, com a presença da equipe do Sebrae e de membros do Conselho de Administração e da Diretoria Executiva da Sicoob Credicitrus. A segunda turma, também com a participação de 25 empresários cooperados, teve início no dia 11 de agosto e se estenderá até 9 de novembro.

credicitrus-70

(Raul Huss de Almeida – Presidente do Conselho de Administração)

Na cerimônia de encerramento da primeira turma, o presidente do Conselho de Administração, Raul Huss de Almeida, ressaltou: “A trajetória histórica da Sicoob Credicitrus tem sido pontuada por iniciativas que valorizam o ser humano. Desde que iniciamos nossas operações há 34 anos, temos criado meios para ampliar e aprimorar o apoio à vida financeira de nossos associados e igualmente para enriquecer seu lado pessoal, familiar e social. Porque quanto mais fortes forem os nossos cooperados, mais forte será nossa cooperativa”.

credicitrus-84

(Marcelo Martins – Diretor-presidente em exercício)

O diretor-presidente em exercício da Cooperativa, Marcelo Martins, salientou: “É fundamental que nossos cooperados tenham uma vida econômico-financeira saudável e equilibrada para seu benefício próprio, de suas famílias e de todos que deles dependem, sejam funcionários, prestadores de serviços ou demais parceiros. Desse modo, serão produzidos e mantidos reflexos positivos para a Cooperativa. Em outras palavras, tudo deve estar em harmonia para que continuemos a crescer de forma sustentável não apenas em termos quantitativos, mas principalmente qualitativos. Essa, em última análise, é a essência do modelo de negócios cooperativo: a ajuda mútua. Mesmo de forma inconsciente, ao participar de uma cooperativa, contribuímos para que os demais usufruam dos benefícios”.

Um caso de sucesso para o Sebrae

Somar - 1000 cooperados empreendedores_Leandro_Glaucia_Rafael

(Leandro Gumieri, Glaucia P. Santos, Rafael M. do Carmo)

Na opinião de Rafael Matos do Carmo, gerente regional do Sebrae/SP, e Leandro Gumieri, consultor de negócios da entidade, que ministrou cursos, coordenou oficinas e prestou consultoria aos cooperados participantes, “o curso representou um caso de sucesso”. Leandro complementa: “É digno de nota o fato de uma cooperativa financeira preocupar-se com o nível de capacitação de seus cooperados PJ em gestão. Foi um ato pioneiro e, para o Sebrae, foi muito gratificante não só ter participado desse programa, formulando todo o seu conteúdo, mas principalmente ter observado a evolução dos participantes desde o diagnóstico inicial, feito por meio de uma entrevista individual, até a conclusão do curso, quatro meses depois. Ao final, ouvimos apenas elogios, o que aumenta nossa satisfação”.

Outro fato destacado pelos representantes do Sebrae foi a participação dos proprietários das empresas no curso, aliado ao alto índice de frequência dos cooperados, com praticamente 100% de presença em todas as aulas.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta