Empresas de diferentes portes e das mais variadas áreas de atividade têm encontrado no
modelo de negócios cooperativo uma opção vantajosa para o atendimento de suas necessidades financeiras, em comparação com o que oferecem as instituições tradicionais do mercado. Desse modo, observa-se o mesmo grau de satisfação nos dirigentes de organizações bem distintas nas áreas de atuação e na abrangência de mercado como a Americanflex, sediada em São José do Rio Preto, SP, e a Mercado Pet, instalada em Bebedouro, SP. Isso demonstra como o modelo cooperativo disponibiliza aos cooperados, democraticamente, produtos e serviços financeiros com as mesmas condições e proporciona vantagens as mais diversas categorias de pessoas físicas e jurídicas.

Americanflex

Johny Jardini e Johny Jardini Junior

(Johnny Jardini e Johnny Jardini Jr.)

A história da empresa teve início em 1958, quando Johnny Jardini, seu diretor-presidente, adquiriu com um sócio a Colchoaria Americana, em São José do Rio Preto. O empresário conta: “Era uma pequena fábrica apenas de colchões de capim. Mas, aos poucos, vendendo em toda a região de Rio Preto e, logo depois, com a criação do atacado, foi crescendo”. Isso permitiu que, no início dos anos 1960, começasse a produzir colchões de espuma e de molas, porém enfrentando grandes dificuldades logísticas: “As molas e outros componentes vinham da cidade de São Paulo, normalmente de trem, que demorava até oito dias para chegar. E o desembarque dos materiais também era complicado, pois tínhamos que descarregá-los até de madrugada, retirando-os nós mesmos dos vagões”.

Esse início difícil permitiu que a Americanflex construísse uma base sólida, conforme revela Johnny Jardini Jr., diretor vice-presidente e principal executivo da empresa atualmente: “Hoje temos três fábricas. Na unidade de Rio Preto, estão centralizadas a administração, as vendas, a área de pesquisa e desenvolvimento e o Centro Tecnológico, que testa todos os colchões que produzimos. Nossas outras fábricas estão em Campina Grande, PB, e Montes Claros, MG, com as mesmas linhas de produtos fabricados em nossa sede”. A empresa detém as principais certificações de qualidade do País: foi a primeira a obter o Selo Pró-Espuma Qualidade e, igualmente, a primeira a conquistar o direito de uso do Selo Compulsório de Conformidade Inmetro. E, na área comercial, mantém 20 lojas próprias, 20 lojas exclusivas (estas operadas por terceiros, mas comercializando apenas a marca Americanflex), está presente em mais de 5 mil pontos de vendas em todo o Brasil e, há três anos, iniciou suas operações em e-commerce, que vêm crescendo de forma muito significativa.

Johnny Jardini Jr. complementa: “Graças à nossa qualidade, fomos chamados para desenvolver um produto exclusivo, os colchões (denominados “seis estrelas”) do Palácio Tangará, um dos mais luxuosos e requintados hotéis do Brasil, pertencente ao grupo francês Oetker Collection, recentemente inaugurado no bairro do Morumbi, na cidade de São Paulo. Com isso, nossa presença no mercado de hotelaria ganhou destaque e pretendemos investir para ampliá-la”.

O empresário Johnny Jardini é associado à Sicoob Credicitrus desde 2006. Por sua vez, Johnny Jardini Jr. e a Americanflex são associados desde setembro de 2016. E, conforme atesta Amauri de Oliveira, controller da empresa e também cooperado, o nível de satisfação com os produtos e serviços da Cooperativa é alto. Como pessoas físicas, os empresários mantêm contas correntes e aplicações. E a Americanflex, além de manter conta corrente, utiliza linhas de capital de giro e serviços de cobrança. Todos realçam a qualidade do atendimento e a agilidade na aprovação de operações como os pontos altos em seu relacionamento com a Sicoob Credicitrus que, segundo informam, em apenas um ano, já passou a atender a cerca de 20% das necessidades da empresa, percentual que vem crescendo gradativamente.

Mercado Pet

Atílio Paulini Filho

(Atílio Paulini Filho)

A Mercado Pet, uma das mais tradicionais lojas do segmento de rações e demais produtos para animais domésticos, está instalada há 20 anos no Mercado Municipal de Bebedouro, SP. É dirigida desde então pelo cooperado Atílio Paulini Filho, sucessor de seu irmão, que fundou a empresa em 1983. Atilio ingressou como cooperado da Sicoob Credicitrus em 2013 e, logo em seguida, transferiu para a Cooperativa todas as operações, tanto da empresa quanto pessoais, que mantinha em outras instituições financeiras.

O cooperado tem-se revelado um defensor entusiasmado do modelo de negócios cooperativo, tanto que foi um dos selecionados para participar da primeira turma, com 25 integrantes, do programa educacional de longo prazo “1.000 Cooperados Empreendedores”. Essa iniciativa, que a Sicoob Credicitrus lançou neste ano, em parceria com o Sebrae, tem o objetivo de, em dez anos, capacitar em boas práticas de gestão mil proprietários de pequenas e médias empresas que forem cooperados. Atilio teve participação ativa no curso, que foi realizado de março a julho deste ano, e foi também o orador da turma.

“São quatro anos de completa satisfação”, declara ao avaliar seu relacionamento com a Cooperativa, na qual mantém suas contas correntes pessoal e empresarial, débito automático de todas as suas contas familiares, cartões de crédito e débito e seguros. Também tem investido em cotas de capital, conforme revela: “Acabo de aumentar meu capital social por meio de mais um Cotas PLUS e, assim, estou contribuindo para fortalecer nossa cooperativa e aumentar a reserva financeira para o futuro da minha família”. Além disso, no dia a dia de sua empresa, mostra-se bastante satisfeito com a maquininha SIPAG: “Funciona muito bem e permite que eu acompanhe diariamente todas as movimentações, com muita facilidade. Em minha avaliação, é a melhor e mais ágil do mercado”. E conclui: “Além de todas as facilidades que a Sicoob Credicitrus me oferece, o que mais me chama a atenção é a qualidade do atendimento de seus gerentes e suas equipes. É incomparável”.

 

 

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta