8U6A6853

André Faleiros Andrade, 59 anos, farmacêutico, é proprietário da Pharmacia Geranium, de Barretos, especializada em manipulação de medicamentos e homeopatia e associada à Credicitrus há três anos. E é cooperado como pessoa física há cinco anos, sendo dono de uma propriedade rural em Mirassolândia, na região de São José do Rio Preto, onde cultiva seringueiras. Nas duas categorias, afirma estar satisfeito com o atendimento da Cooperativa, com as vantagens que oferece e, agora, com a iniciativa de investir no crescimento profissional dos cooperados por meio do programa “1.000 Cooperados Empreendedores”.

Ele participa do grupo de 25 empresários de Barretos com termino previsto para 4 de julho. Essa é a quinta turma do programa, cujo objetivo é treinar em dez anos mil associados que dirigem negócios próprios. O programa foi lançado em 2017 em Bebedouro, para duas turmas de 25 alunos. No primeiro semestre deste ano, foi levado a Guaíra e Colina, além de Barretos, e teve início mais uma turma em Bebedouro. Para o segundo semestre, estão previstas mais quatro turmas, beneficiando cooperados de Bebedouro, Barretos, Monte Azul Paulista e Viradouro. Com isso, até o final do ano, terão sido beneficiados cerca de 250 cooperados.

André, que faz o curso junto com sua filha, Luíza Andrade, arquiteta, paisagista e proprietária, junto com seu marido, da academia de fitness CT Toledo, avalia de forma muito positiva esse programa: “O modelo de negócios cooperativo valoriza as pessoas. Por isso, a iniciativa da Credicitrus de investir no crescimento dos cooperados merece todos os elogios. Só um modelo como esse para fazer a diferença que vem fazendo”.

Ele revela igual satisfação no que se refere ao conteúdo do curso: “O que mais chamou minha atenção foi a possiblidade de fazer um upgrade em minha cabeça, sair da zona de conforto em que nos colocamos depois de anos de atividade, pois acabamos deixando de lado algumas tarefas básicas. O curso está nos dando informações muito valiosas em planejamento estratégico, gestão de marketing e de vendas, gestão financeira e gestão de pessoas”. O convívio com os demais participantes também é ressaltado pelo cooperado: “Ninguém é dono da verdade, estamos sempre aprendendo. O contato com os instrutores do Sebrae e com os outros participantes do curso, em especial os jovens empreendedores que fazem parte do grupo, é valioso. São muitas informações, experiências diferenciadas, e tudo soma. Aliás, ver esse pessoal mais jovem fazendo o que faz nos enche de esperança de que o Brasil tem jeito”.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta