O cooperativismo financeiro, um dos mais fortes instrumentos de inclusão social do mundo, com expressiva atuação regional e importante contribuição para o desenvolvimento econômico e social das localidades em que está presente, continua avançando com rapidez. É um fato que merece ser celebrado neste 18 de outubro em que se comemora o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito.

De acordo com dados do final de 2017 divulgados pelo Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (WOCCU, sigla em inglês), 208 milhões de pessoas estão associadas a alguma das 89 mil cooperativas do setor espalhadas por 117 países em todos os continentes. A meta da entidade é que, até o final de 2020, esse número chegue a 260 milhões. Nesse sentido, em praticamente todos os países, observa-se um esforço dos próprios governos para que o modelo de negócios cooperativo seja mais conhecido e beneficie um número maior de pessoas.

Brasil

Nesse cenário, o Brasil também vem evoluindo em ritmo acelerado, mas ainda apresenta números com forte potencial de expansão. De acordo com dados do Banco Central, relativos ao final de 2017, o sistema cooperativo no ramo financeiro é composto por dois bancos (um deles é o Bancoob, ligado ao Sicoob, ao qual a Credicitrus está vinculada) e 969 cooperativas singulares, com um total de 9,8 milhões de associados. As cooperativas respondem por 8% dos ativos financeiros do País. É um percentual relativamente pequeno, mas é preciso considerar que, há cerca de 20 anos, era inferior a 0,5%, o que demonstra a velocidade com que o setor está crescendo.

A Credicitrus é primeira cooperativa financeira do Brasil a alcançar R$ 1 bilhão em capital social. Hoje, tem mais de 100 mil cooperados e 61 unidades de atendimento instaladas em 56 municípios de São Paulo e do Triângulo Mineiro, além de uma unidade móvel e uma digital. Em 2017, seus ativos somaram mais de R$ 5 bilhões.

Evolução global

A tabela a seguir demonstra que é nas regiões economicamente mais avançadas que o cooperativismo financeiro tem obtido os melhores resultados, podendo-se deduzir que há uma correlação entre a qualidade de aplicação desse modelo de negócios e o nível de desenvolvimento das nações.

Região
Cooperativas
Associados
(milhões)
Op. de crédito
(US$ bilhões)
Ativos totais
(US$ bilhões)
América do Norte
6.251
122,9
1.200,0
1.700,0
Ásia
37.246
50,8
118,5
170,4
Oceania
1.005
4,8
71,7
88,8
América Latina
2.987
39,3
48,6
87,6
Europa
3.553
9,3
12,1
35,3
África
37.607
29,6
9,0
9,1
América Central
377
3,4
9,9
16,8
Fonte: Relatório Estatístico do Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (WOCCU)

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta