Fonte limpa, inesgotável e econômica, a luz do Sol é a mais nova estrela na matriz energética do Brasil, país que reconhecidamente mais investe em todo o mundo nessa alternativa para produção de eletricidade. Nesse cenário, a Credicitrus e a Coopercitrus, por meio da Ação Social Cooperada, estão dando apoio financeiro a entidades sociais para a instalação de sistemas de energia solar fotovoltaica. Com isso, além de proporcionar economia nas contas de eletricidade dessas instituições, contribuem para o equilíbrio ambiental.

Quatro dessas miniusinas, cuja instalação foi aprovada em 2017, foram inauguradas neste mês de outubro: a primeira, no dia 11, em Bebedouro, SP, na Vila Lucas Evangelista; na sequência, as instaladas no Centro de Convivência Infantil, em Mogi Mirim, SP, no dia 18; e, no dia 22, na Creche Nossa Casinha, em Barretos, SP, e na Casa da Criança, em Frutal, MG.

Todos esses eventos contaram com a presença de representantes dos poderes executivo e legislativo locais, dirigentes de entidades sociais de cada município, cooperados e gerentes das unidades locais da Credicitrus e da Coopercitrus.

Economias medidas

43679376_2154491681241719_3051158717132177408_o

(Instalação da miniusina na Vila Lucas Evangelista, em Bebedouro)

A tabela a seguir demonstra que as quatro miniusinas inauguradas já estão proporcionando economias significativas às respectivas instituições sociais. Os dados se referem ao mês de setembro e indicam quanto cada miniusina produziu em relação ao consumo de energia da entidade e o valor correspondente, em reais, à economia gerada. Conforme explica o Eng. Diego Luís Branco, coordenador de Energia Fotovoltaica na Coopercitrus, a economia varia de um mês para outro de acordo com a quantidade de luz solar incidente sobre as placas fotovoltaicas. Em dias claros, sem nuvens, a captação alcança seu nível mais alto, caindo nos dias nublados, porém não cessa, mesmo que o céu esteja encoberto com nuvens pesadas.

Miniusinas de energia fotovoltaica instaladas com apoio

da Ação Social Cooperada – desempenho em setembro/2018

Entidade social

Produção x consumo Economia na conta (R$)

Vila Lucas Evangelista

56,80%

572,37

C.C.I 56,10%

447,03

Creche Nossa Casinha

86,02%

408,73

Casa da Criança 66,08%

737,20

Mais 10 miniusinas

Neste ano, a Ação Social Cooperada aprovou apoio financeiro para mais 10 miniusinas, cuja instalação deve ser feita nos próximos meses. Esses sistemas serão instalados em nove municípios, a saber:

  • Barretos, SP – Educandário Sagrados Corações
  • Bebedouro, SP – Educandário Santo Antônio e Vila Beato Contardo Ferrini
  • Frutal, MG – Assistência Social Pio XII
  • Garça, SP – Patronato Juvenil Garcense
  • Mogi Mirim, SP – Projeto ICA
  • Pirassununga, SP – Associação Alda Miranda Matheus (AMMA)
  • Ribeirão Preto, SP – Escola Experimental Casa das Mangueiras
  • Santa Adélia, SP – Lar dos Velhinhos Decolores
  • São Manuel, SP – APAE

 

Apoio aos cooperados

Um fator decisivo para o êxito na implantação dos sistemas de energia solar foi a criação, pela Coopercitrus, de um departamento especializado nessa área. O objetivo foi estabelecer uma nova frente de apoio aos produtores rurais, proporcionando-lhes economia e menor dependência das redes públicas de energia. O suporte à Ação Social Cooperada acabou sendo um subproduto dessa iniciativa, que deve ser ampliada a partir do próximo ano.

Adicionalmente, a Credicitrus mantém à disposição de todos os cooperados uma linha especial de crédito para financiar a instalação de sistemas de energia fotovoltaica, não se limitando a uma só marca, mas englobando todas que se enquadrarem nos seus critérios. Para saber mais como instalar um sistema solar com esse financiamento, consulte a equipe da filial da Cooperativa em seu município ou região.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta