Presidente do Conselho de Administração, Marcos Lourenço Santin e o Diretor-Presidente executivo, Walmir Segatto

(Presidente do Conselho de Administração da Credicitrus, Marcos Lourenço Santin, e o Diretor-Presidente da Credicitrus, Walmir Segatto)

Cooperativa ficou em segundo lugar entre todas as cooperativas financeiras do País

Líder absoluta no ranking das cooperativas financeiras do Brasil, com mais de 100 mil cooperados, patrimônio líquido superior a R$ 1,5 bilhão, ativos totais da ordem de R$ 5 bilhões e unidades de atendimento instaladas em 60 municípios dos estados de São Paulo e Minas Gerais, a Credicitrus também se destaca pela valorização de seus mais de 950 colaboradores. Graças à sua política nessa área, acaba de ser eleita mais uma vez entre as 150 Melhores Empresas para Trabalhar no País. Vale ressaltar que todos os funcionários da Cooperativa também são cooperados e, portanto, conhecedores e praticantes do cooperativismo, e a eles são oferecidos, além de salários e benefícios competitivos, oportunidades de ascensão profissional na organização por meio de uma série de programas de capacitação e também de desenvolvimento de liderança, visando ao aproveitamento de talentos internos.

É a quarta vez que a Credicitrus recebe esse reconhecimento, que lhe foi conferido anteriormente em 2009, 2010 e 2017. Neste ano, ficou em segundo lugar entre todas as cooperativas financeiras do País e em 51º lugar na classificação geral, registrando evolução significativa em relação a 2017, quando ocupou o 128º lugar.

Critérios

A escolha das empresas vencedoras é resultado de uma ampla pesquisa realizada em todo o Brasil pela revista VOCÊ S/A em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA).

Na Credicitrus, o levantamento começou com a opinião dos funcionários, respondendo a questões abordando quesitos como admiração pela marca da organização e sua gestão nas áreas de comunicação interna, sustentabilidade, saúde e segurança, conhecimento e educação corporativa, entre outras. A direção da Cooperativa também respondeu a um questionário, descrevendo as ações que desenvolve para seu quadro de pessoal, e, finalmente, seus dirigentes foram entrevistados por um jornalista da VOCÊ S/A.

Resultados

A avaliação dos funcionários é expressa pelo Índice de Qualidade do Ambiente de Trabalho (IQAT), e a avaliação da FIA e da VOCÊ S/A, pelo Índice de Qualidade de Gestão de Pessoas (IQGP). Com base nesses dois resultados, é calculado o Índice de Felicidade no Trabalho (IFT) de cada organização, definindo sua classificação final. Em todos esses índices, a Credicitrus registrou avanços entre 2017 e 2018. O IQAT passou de 86,4 para 87,9; o IQGP, de 46,5 para 63,6; e o IFT, de 74,4 para 79,2.

A cerimônia de premiação foi realizada na cidade de São Paulo, no dia 6 de novembro, com a participação do presidente do Conselho de Administração da Cooperativa, Marcos Lourenço Santin, e de seu diretor-presidente executivo, Walmir Fernandes Segatto. Marcos Santin ressalta: “No mundo corporativo, há uma clara correlação entre a satisfação no trabalho e a qualidade do atendimento. Isso fica evidente nas relações das equipes da Credicitrus com todos os cooperados”. E completa: “Por esse motivo, o reconhecimento que recebemos novamente, somado a todas as vantagens oferecidas pelo modelo de negócios cooperativo financeiro, é mais uma demonstração de quanto vale a pena ser associado à nossa cooperativa”.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe uma resposta