Há bons motivos para comemorar, neste 28 de dezembro, o Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito. De acordo com dados do Banco Central do Brasil, até o final de setembro, o saldo das operações de crédito das cooperativas aumentou 8,5% em relação ao mesmo período de 2017, enquanto nos bancos, em igual comparação, esse indicador recuou 3,4%. Outro dado relevante, segundo o Censo de Cooperados do Banco Central: no final do terceiro trimestre, o número de pessoas associadas a cooperativas financeiras no País alcançou 10,3 milhões. E, de acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), em 564 municípios brasileiros, as cooperativas são as únicas instituições financeiras presentes.

O desempenho do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) também tem sido muito positivo, reforçando sua condição de maior instituição financeira cooperativa do País. Os dados mais recentes, relativos ao primeiro semestre de 2018, dão conta de que reúne mais de 4,2 milhões de cooperados, associados a 460 cooperativas singulares (das quais a Credicitrus é a maior), com 2.800 pontos de atendimento no País e aproximadamente 4.200 caixas automáticos próprios. O saldo de suas operações de crédito ao final de junho era de R$ 42,9 bilhões, ocupando o oitavo lugar, nesse quesito, no ranking do Sistema Financeiro Nacional.

A celebração do Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito foi instituída em 2012, coincidindo com a data de fundação da primeira cooperativa financeira do Brasil, pelo padre suíço Theodor Amstad, em 1902, no município de Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha.

Escrito por sicoobcredicitrus

1 comentário

  1. […] Para entender essas questões, leia nosso artigo e saiba tudo o que você precisa sobre o crescimento do cooperativismo financeiro. […]

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *