Como o cooperado Credicitrus pode ter um comportamento mais empreendedor e de liderança nos negócios? Este artigo é um resumo, um material de trabalho no sentido de alterarmos nosso comportamento e o comportamento da nossa organização, buscando nestes objetivos, sermos mais orientados pela demanda e com um comportamento de mudança.

Romper a acomodação é fundamental, e para isto segue na primeira parte do artigo, uma coleção de perguntas a serem usadas em reflexões individuais e eventos de discussão interna em grupos maiores, para geração de ideias a serem implementadas. Basicamente, a sequência de um líder inovador pode ser dividida em três blocos a saber: 1 – Conhecimento (Saber o que Realizar); 2 – Atitude (Querer Realizar) e 3 – Habilidade (Saber Realizar)

Ferramenta do Comportamento de Empreendedor e Líder:

ETAPAS

QUESTÕES DE REFLEXÃO E DEBATE PARA MELHORIAS

1 – Conhecimento (Saber o que Realizar) Como melhorar a nossa capacidade de aprendizado e intelectual?

Como combater a obsolescência, a acomodação e aumentar a nossa relevância?

Como melhorar nas habilidades cognitivas (agilidade de aprendizado, pensamento crítico, solução de problemas, gestão de riscos); sociais (inteligência emocional, capacidade de influenciar, colaboração, transparência e ética) e técnicas/digitais?

Como criar tempo para poder aprender mais?

Que novas soluções podem ser feitas com mais simplicidade e que cortem etapas?

O que a tecnologia vai fazer no modelo de negócios atual?

2 – Atitude (Querer Realizar) Que comportamentos eu quero na minha organização?

Como combater a resistência à mudança?

Temos o que precisamos para trabalhar e resolver os problemas?

Como adaptar as inovações em gestão com as restrições legais existentes no Brasil?

Estamos separando um tempo para questionar porque fazemos assim e como melhorar?

Estamos jogando para vencer ou para não perder?

Como medir para termos produtividade (unidades de saída x unidades de entrada)?

3 – Habilidade (Saber Realizar) Como melhor a cultura da organização e seu conhecimento pela equipe?

Como criar um sentimento de propriedade nos colaboradores?

Como melhorar a capacidade de análise de dados da equipe?

Como engajar as pessoas nas propostas de solução de problemas, melhorar a característica de execução, fazer acontecer e medir os resultados?

Como eu compenso estes comportamentos de solução de problemas?

Como monitorar os novos modelos de comunicação, socialização, conhecimento, trabalho, e aprendizado com feedbacks imediatos à equipe?

Como mudar a mentalidade para gestão do capital humano (aquisição, crescimento e manutenção e otimização)?

Elaboração da Ferramenta: Prof. Marcos Fava Neves

A segunda parte deste texto envolve a necessidade de se criar margens num ambiente onde os mercados vão crescer, mas os preços tendem a ficar os mesmos. Para este processo de criação de margens, temos que pensar criativamente em 10 grandes itens, que também se relacionam entre eles. E aqui transformei os 10 itens em mais uma ferramenta de trabalho:

Ferramenta para Construção de Margens:

Itens de Trabalho Para Construção de Margens Como melhorar em cada item?

(debater e preencher)

1 – Preços Recebidos pelos Produtos
2 – Volumes de Produção
3 – Custo como % da Receita
4 – Overhead como % da Receita
5 – Giro de Estoques
6 – Políticas para Postergar Pagamentos
7 – Políticas para Antecipar Recebíveis
8 – Ações para Reduzir Erros
9 – Ações para Melhorar o Modelo de Negócios
10 – Ações de Alocação de Pessoas Corretas no Local Correto
Elaboração da Ferramenta: Prof. Marcos Fava Neves

Especificamente para os agricultores temos estas preocupações que aqui foram transformadas em perguntas de trabalho e são os elementos onde se pode lutar mais para construir margens especificamente na cadeia produtiva:

  • Como melhorar a produtividade agrícola?
  • Como melhor o capital humano?
  • Como melhorar a eficiência operacional e sinergia tanto agrícola e/ou industrial?
  • Como melhorar a gestão do negócio?
  • Como promover contínua redução dos custos?
  • Como fazer a otimização do uso dos ativos?
  • Como acrescentar novos produtos ao portfólio?
  • Como melhorar a gestão financeira?
  • Como pensar e implementar inovações tecnológicas?
  • Como melhorar o relacionamento com sociedade?
  • Como fomentar demanda pelos produtos já existentes no setor?

Finalmente, fica a proposta de um método a ser aplicado nas empresas para conseguirmos inovar e melhorar nosso comportamento, tanto individual como o coletivo. Ele é bem simples, e recomendo que o cooperado Credicitrus utilize.

Método: Inovação, Adoção de Tecnologia e Novos Modelos de Negócios na Cadeia do Algodão

1 – Estar disposto a adotar um modelo de liderança e soluções criativas de problemas na cultura organizacional. Fortalecer a equipe com talentos na área digital. Trabalhar a ferramenta das perguntas mostrada acima.

2 – Estabelecer um Benchmarking Colaborativo (em rede) para encontrar boas praticas, no ganha-ganha entre empresas do setor.

3 – Construir ecossistemas de negócios integrados (redes verticais e horizontais)  que criam oportunidades em modelos de cooperação.

4 – Digitalização: captura, mensuração e gestão de dados, entregando informações aos participantes do ecossistema, melhorando a eficiência, compartilhamento de dados e melhoria das conexões.

5 – Fazer acontecer.

Concluo dizendo da importância de separarmos um tempo para pensar no futuro, nos desafiar, conversar, aprender com os outros e em ambientes diferentes. Aqui procurei fazer um resumo executivo para que possamos usar como ferramenta de trabalho muitas coisas que aprendemos e outras questões que tenho de reflexão individual. As ferramentas estão no texto. Agora, ao trabalho para criarmos coisas novas e melhorarmos sempre.

IMG_8801

Marcos Fava Neves é Professor Titular das Faculdades de Administração da USP em Ribeirão Preto e da FGV em São Paulo. Especialista em planejamento estratégico do agronegócio e embaixador do conhecimento na Credicitrus.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *