O crescimento do setor agropecuário nacional é de extrema importância. Isso porque essa área cumpre um papel essencial tanto no mercado interno nacional quanto para exportação. Porém, nem sempre o cenário é positivo, portanto é preciso estar preparado para diferentes cenários.

Para a condução da atividade rural, ou quando há necessidade de investimento além da capacidade de recursos com que o produtor pode arcar, é importante contar com o crédito rural.

Leia nosso artigo, entenda o que é essa linha de crédito e tire suas dúvidas sobre o assunto!

O que é o crédito rural?

O crédito rural é uma modalidade de empréstimo focada no perfil e nas necessidades do produtor rural, seja ele pertencente à agricultura familiar, seja pertencente à modalidade empresarial.

É importante frisar essas diferenciações, pois os perfis dos produtores variam consideravelmente, de forma que é preciso que essa modalidade consiga se adequar às necessidades de cada um deles.

Isso diz respeito não só ao valor que poderá ser concedido, mas também às formas de parcelamento, taxas de juros, entre outros fatores. Respeitando a peculiaridade do setor, essa é uma modalidade separada de outras linhas de crédito.

Também pode ser concedido para associações e cooperativas, como uma forma de expandir suas operações e fortalecer essas instituições na região, viabilizando a produção e a comercialização dos itens agropecuários.

Por que o crédito rural existe?

Pode-se dizer que a atividade rural é uma das mais sujeitas à interferências extremas como câmbio e clima. Isso porque o gestor pode realizar todo o processo produtivo de forma impecável e ainda assim sofrer perdas com intempéries, pragas, doenças diversas (no caso do setor pecuário), entre outros.

Além disso, o crédito rural existe para possibilitar melhorias em infraestrutura e maquinários para os mais diferentes tamanhos de propriedade. Mesmo para aqueles que trabalham com agricultura familiar, o investimento em novos equipamentos pode ser bastante custoso. E, em alguns casos, é impossível não contar com a modernização, pois corre-se o risco de ser engolido pelos concorrentes regionais.

O incentivo ao setor rural é essencial, por ser um dos mais importantes e estratégicos da economia nacional. O agronegócio, em 2017, teve sua maior participação no PIB (Produto Interno Bruto) em 13 anos, contribuindo com 23,5% do montante (quase 1/4 do valor obtido naquele ano), um feito bastante significativo.

Além disso, o país possui uma exportação muito forte de produtos rurais, sejam commodities (como a soja), seja a venda de produtos pecuários (carne, couro, lã, leite, entre outros).

Portanto, incentivar esse setor é essencial para movimentar a economia, bem como restabelecer os parâmetros de crescimento pré-crise. Lembre-se que, quando o agronegócio cresce, diversos outros setores também crescem concomitantemente.

Quem tem direito a esse tipo de empréstimo?

Estão aptos a solicitar o crédito rural os seguintes agentes:

  • produtores rurais, sejam eles da agricultura familiar ou grandes empresários do setor;
  • cooperativas rurais;
  • pessoas jurídicas, desde que realizem atividades ligadas a produção rural;
  • associações de produtores.

Quais são as linhas de crédito específicas para o produtor rural?

Se você é do setor agropecuário e está precisando obter crédito para sua propriedade, é essencial saber quais são as linhas de crédito disponíveis para os empreendedores dessa área. Veja quais são as disponíveis para os produtores e saiba identificar qual é a melhor para a sua situação:

Investimento

A modalidade de investimento é voltada para aqueles produtores que necessitam ampliar sua produção, diversificar atividades ou, também, modernizar os equipamentos utilizados.

Por meio dessa linha, o produtor rural conseguirá financiar máquinas agrícolas, tratores, outros equipamentos essenciais para a produção agropecuária (colheitadeiras, maquinários de irrigação, entre outros). Também pode auxiliar na compra de animais para cria e recria, investimento em projetos de melhoria genética das criações de sua propriedade, adequação e correção do solo, ações de preservação ambiental, entre outros.

Custeio

Os custos das atividades agrícolas e pecuárias podem ser extremamente altos e inviáveis até que comece a lucrar, de fato. Para viabilizar esse início na atividade, o produtor pode contar com a modalidade de custeio.

Essa linha de crédito destina-se à compra de insumos, seja para o setor de agricultura, seja para a pecuária. Também auxilia na aquisição de tratos culturais e colheita, permite o beneficiamento ou industrialização do produto financiado (aumentando sua produtividade) e viabiliza a produção de mudas e sementes devidamente certificadas e fiscalizadas.

Também contribui para cuidados essenciais com os animais no setor pecuário, como compra de medicamentos e vacinas, realização da higienização e reforma das pastagens. O setor aquícola e pesqueiro também pode utilizar essa modalidade para conseguir arcar com os custos de produção.

Portanto, a escolha do tipo de linha de crédito rural vai depender da necessidade do produtor naquele momento. Na Credicitrus, diversas opções são oferecidas para os produtores rurais, com diferentes finalidades. Conheça alguma delas:

  • Funcafé Colheita: permite que o recurso do Funcafé seja aplicado em todas as etapas da colheita;
  • Funcafé Custeio: permite o pagamento das despesas da lavoura de café;
  • Funcafé Estocagem: permite o pagamento dos custos de armazenamento de café com a qualidade necessária para a venda;
  • Pronamp: oferece recursos de crédito para o produtor rural de médio tamanho para pagar o custeio da produção;
  • Comercialização: Atende o contratante através dos produtos entregues para venda, observando os preços de comercialização.

Assim, o produtor desse setor que deseje investir em melhorias ou tornar a sua produção mais competitiva na região pode aproveitar o crédito rural disponibilizado pela Credicitrus.

Tem interesse no tema? Entre em contato conosco, converse com um de nossos atendentes e tire suas dúvidas sobre o assunto!

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *