A nota AA-, atribuída à Cooperativa pela agência internacional de avaliação de crédito,  comprova o elevado grau de segurança com que opera e administra os recursos de seus associados

 A Ficht Ratings, uma das maiores agências de classificação de risco de crédito do mundo, confirmou neste ano a nota AA- que deu à Credicitrus no ano passado. Desse modo, mais uma vez reconheceu a solidez econômico-financeira da Cooperativa e sua elevada capacidade de resistir a turbulências do mercado, qualidade que já demonstrou em outros momentos de sua história.

Para o diretor-presidente executivo da Credicitrus, Walmir Fernandes Segatto, essa nota demonstra a seriedade com que a Cooperativa vem sendo gerida desde sua fundação, com rigoroso respeito às normas de segurança de crédito, o que resultou na posição que hoje ocupa no mercado financeiro.

Nesse sentido, declarou: “A nota AA- atribuída pela Fitch evidencia a solidez da Credicitrus mesmo no ambiente de preocupação que vivemos mundialmente em função da pandemia da Covid-19”. Acrescentou: “Essa alta nota deve representar um alerta e um estímulo para cada um de nós empenhar-se em um trabalho contínuo e intenso, buscando manter e até aumentar a solidez histórica de nossa cooperativa”.

A Credicitrus, hoje com 65 agências instaladas em São Paulo e em Minas Gerais, teve indicadores altamente positivos:

– operações de crédito somando mais de R$ 3 bilhões, 14% superiores às de 2018, significando um importante indicador da confiança dos cooperados;

– significativo aumento de 11,5% nos depósitos à vista e a prazo e aplicações em LCA, totalizando R$ 3,7 bilhões;

– crescimento de 9% de seu patrimônio líquido, superando R$ 1,6 bilhão;

– crescimento de 3,3% de seus ativos totais, que ultrapassaram R$ 6,9 bilhões;

– ingresso de mais de 10 mil novos cooperados em seu quadro social, encerrando o ano com 104 mil associados;

– para completar, as sobras do exercício perfizeram R$ 173 milhões que após aprovação e dedução das destinações estatutárias, será distribuído aos cooperados após a Assembleia Geral Ordinária, proporcionalmente às suas movimentações durante o ano.

Escrito por sicoobcredicitrus

1 comentário

  1. Carlos André Bonganha 28 de abril de 2020 às 20:05

    Parabéns pelo trabalho, seriedade e competência!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *