Como transferir as responsabilidades pelos negócios da família para a geração mais nova? É a pergunta que representantes de cinco famílias de cooperados responderão no próximo webinar da Jornada Somar Forças, organizado pela Credicitrus e programado para o dia 17 de setembro, às 17 horas, com transmissão pelo canal da Cooperativa no Youtube.

Participarão do evento, sob o título “Criando valor na sucessão familiar”, os seguintes cooperados: Antônio Alves de Toledo Neto e sua filha Roberta Millani Alves de Toledo; Antonio de Jesus Sanches e seu filho Marco Antônio Sanches; José Irineu Rosolen e seu filho Leandro José Rosolen; Karla Scalçone Romanini – Consultora de Gestão de Pessoas Sebrae/SP; e Patrícia Camargo Pimentel e seu filho Patrick Pimentel Merichello.

O evento será o nono episódio da Jornada Somar Forças e terá como moderador o professor Marcos Fava Neves, docente da USP e da FGV especialista em planejamento estratégico, com a participação de toda a diretoria executiva da Credicitrus.

O acesso ao seminário on-line poderá ser feito pelo site da Cooperativa ou por seu canal no Youtube, onde o conteúdo do evento permanecerá gravado.

Tema delicado

A sucessão em empresas familiares é um tema sensível. Muitas empresas, por falta de preparo adequado, acabaram enfrentando dificuldades e até fechando. Outras, no extremo oposto, se transformaram em organizações mais prósperas. Qual é a fórmula do sucesso? Especialistas afirmam que é necessário um bom planejamento, atitude correta por parte da geração mais velha e preparo adequado dos herdeiros. Tudo começa na capacidade do patriarca ou da matriarca compreender que deve abrir espaço para a nova geração dar continuidade à sua obra. Essa é a advertência feita por Renato Bernhoeft, consultor que desde o início dos anos 1970 atua nessa área, sobre a qual escreveu 16 livros:

Um fundador, que por volta dos 80 anos de idade, ainda demonstra capacidade e energia para sentir-se em condições de continuar à frente dos negócios, nem sempre percebe que sua “criatura” – a empresa – está se tornando maior e mais complexa do que o seu “criador”. Por outro lado, seus descendentes já estão em um avançado período de idade adulta e em busca de espaço para seus sonhos e aspirações, tanto pessoais como profissionais. Claramente, o fundador que não encontrar para esta etapa uma nova fonte de poder, realização e reconhecimento, corre o risco de ver sua obra destruída pela incapacidade de abrir espaço para seus herdeiros e sucessores.

O webinar “Criando valor na sucessão familiar” mostrará como as famílias participantes solucionaram essa questão.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *