8 pilares da gestão de pessoas e por que é necessário segui-los

Quem comanda uma empresa tem a difícil tarefa de alinhar os objetivos dos colaboradores com os projetos de longo prazo do negócio. Nesse quesito, conhecer os principais pilares da gestão de pessoas pode ser excelente para melhorar a comunicação com o time e criar um clima organizacional agradável.

Isso faz com que sua empresa consiga atrair novos talentos e há melhores condições para o desenvolvimento de soluções inovadoras. Além disso, a satisfação dos funcionários também afeta diretamente o atendimento ao cliente. Portanto, é necessário conhecer um pouco mais sobre como gerir o capital humano da sua empresa.

Se você quer saber mais sobre essa temática, continue a leitura!

O que é a gestão de pessoas?

A gestão de pessoas pode ser entendida como um conjunto de estratégias que tem como objetivo o pleno desenvolvimento dos colaboradores de uma organização. Assim, essa atividade envolve vários processos que contribuem para a melhora do desempenho dos funcionários.

Portanto, a gestão de pessoas está diretamente ligada aos incentivos e estratégias que os líderes podem adotar para manter seus colaboradores engajados com os objetivos da corporação, além de incentivar um plano de carreira de longo prazo em seu time.

Qual a importância da gestão de pessoas para o sucesso do negócio?

Uma empresa é criada para atender as necessidades de um público específico. Isso significa que você precisa de pessoas para pensar soluções, atender clientes e desenvolver demais atividades necessárias para a manutenção de um negócio.

Com o aumento da concorrência, está cada vez mais difícil conquistar e fidelizar os clientes. Por isso, investir em estratégias para reter colaboradores talentosos é crucial para manter seu negócio competitivo. Além disso, uma boa gestão de pessoas pode identificar as habilidades dos funcionários de maneira inteligente, alocando as equipes conforme a capacidade individual de cada membro do time.

Esse tipo de abordagem é essencial para a redução de custos, melhora no atendimento e, consequentemente, para o aumento dos lucros que o negócio consegue gerar, tanto no curto quanto no longo prazo.

Quais são os pilares da gestão de pessoas?

Agora que você já sabe o que é gestão de pessoas e por que ela é importante para o seu negócio, que tal descobrir os principais pilares para fazê-la com excelência em sua empresa? Basta continuar a leitura e conferir o que preparamos para você!

1. Desenvolvimento de talentos

Ter colaboradores talentosos na empresa é fundamental para obter crescimento no longo prazo e se destacar em seu segmento. Nesse sentido, é importante investir no desenvolvimento, além de realizar seleções adequadas.

Por exemplo, por meio de treinamentos, você consegue melhorar as habilidades técnicas e comportamentais dos funcionários, repassar os valores, a visão, a missão e o propósito da empresa e, com isso, ter uma equipe alinhada com a cultura do negócio.

Também é possível organizar eventos mais técnicos voltados para a área de atuação daquele talento. Assim, você oferece todo o conhecimento necessário para que ele cresça em conjunto com o seu negócio.

2. Avaliação de desempenho

Realizar avaliações de desempenho também é um dos pilares que sua empresa deve adotar para melhorar a gestão de pessoas e conseguir bons resultados. Por meio delas, você consegue compreender como sua equipe está se saindo.

Além disso, fica mais fácil entender quais são as lacunas e dificuldades do time como um todo e de cada funcionário que o compõe. Desse modo, fica mais fácil elaborar estratégias para superar desafios e melhorar os resultados obtidos pela sua equipe.

Há diversas avaliações que podem ser usadas no cotidiano da empresa, como:

  • avaliação da equipe;
  • avaliação 180º;
  • avaliação 360º;
  • avaliação por competência;
  • avaliação por objetivos;
  • avaliação da liderança;

Essas são algumas das opções que você pode aplicar na companhia para ter um melhor entendimento. Vale pesquisar mais afundo sobre cada uma delas e averiguar quais são mais adequadas para a realidade do negócio.

3. Recompensa e reconhecimento

Garantir funcionários motivados é um ponto importante para que a equipe se mantenha produtiva e engajada a fim de alcançar os objetivos traçados. Nesse sentido, as recompensas e o reconhecimento se tornam pilares para uma boa gestão de pessoas.

Por exemplo, é importante valorizar e reconhecer os colaboradores que apresentam boas ideias que geram resultados para o negócio. Além do reconhecimento por meio de palavras, oferecer premiações e recompensas pode mostrar sua gratidão e a importância dos indivíduos para o sucesso da empresa.

Portanto, não deixe de elogiar quem está comprometido com a performance da empresa. Também tenha um plano de carreira para mostrar que o seu negócio oferece boas perspectivas profissionais para quem se esforça.

4. Liderança

A liderança exerce papel importante no bom andamento do negócio. É por meio dela que você vai entender quais são as necessidades diárias da equipe, o que está acontecendo na empresa e o que pode ser feito para melhorar a gestão de pessoas e o bom desempenho do negócio.

Assim, selecionar líderes de confiança, que sejam engajados com os objetivos estratégicos e com o propósito da empresa, é essencial. Oferecer treinamentos e realizar alinhamentos também se faz fundamental para que tudo saia conforme o planejado.

Outro ponto importante é dar autonomia para os líderes da sua empresa. Deixe-os mostrar todo o potencial que têm, ofereça liberdade para colocar em prática as boas ideias. Isso pode gerar resultados surpreendentes.

5. Comunicação

Ter uma boa comunicação na empresa é importante para que as mensagens fiquem claras e os colaboradores consigam captá-las. Por exemplo, é necessário que todos entendam quais são as metas da empresa e como alcançá-las.

Da mesma forma, é fundamental que estejam alinhados com os valores e a cultura da companhia. Isso vem por meio de uma comunicação clara e eficiente. Para isso, é relevante usar ferramentas adequadas para a integração das equipes.

Por exemplo, o uso de um mural para dar notícias é uma boa opção. Adotar ferramentas de automação, que entregue mensagens para todos os envolvidos em determinado projeto, também é importante. Assim, você evita confusão e deixa toda a equipe ciente de como deve trabalhar.

6. Feedbacks estruturados

Criar uma cultura de feedbacks na empresa também é importante para ter uma gestão de pessoas impecável. Por meio dessa prática, você consegue orientar os colaboradores, direcioná-los para as boas práticas e corrigir potenciais erros que estejam acontecendo no dia a dia da empresa.

Além disso, também pode usar esse período para elogiar as boas práticas e mostrar que o bom comportamento não está passando batido. Assim, consegue-se aumentar a motivação e o engajamento. Como consequência, as chances de obter resultados otimizados é alta.

7. Definição de metas

O estabelecimento de metas oferece uma linha de chegada para os colaboradores. Desse modo, você consegue esclarecer para cada indivíduo sobre o que é esperado quanto ao seu desempenho.

Contudo, é importante deixar claro que as metas devem ser desafiantes, mas factíveis. Afinal, criar metas impossíveis de serem alcançadas apenas causa ansiedade e desgaste na equipe. Por isso, avalie quais são as suas últimas métricas e defina objetivos alinhados com a realidade do negócio.

Mesmo para os colaboradores que não trabalham diretamente com as vendas, por exemplo, também é possível estabelecer metas referentes à qualidade e a eficiência do trabalho. O time de atendimento pode ter metas quanto à satisfação do cliente e quanto à qualidade de suas interações, por exemplo.

8. Gestão de conflitos

A interação entre colaboradores envolve prazos, metas e cobranças. Isso significa que muitas vezes haverá conflitos que necessitam de intermediação. Nesse tipo de situação, é necessário definir um código de ética que estabeleça regras e estratégias para melhorar a interação dos funcionários.

Também é necessário que haja senso de justiça na empresa, especialmente para que subordinados não estejam sujeitos a uma liderança injusta e protegida pelo próprio cargo. Isso significa que cabe à equipe de RH intermediar os conflitos e conduzir qualquer problema com o máximo de calma e cordialidade possível.

Uma boa maneira de aliviar o clima de tensão após períodos difíceis na empresa é criar eventos e momentos de descontração dentro do ambiente de trabalho. Isso reduz os níveis de estresse do time e contribui para estimular uma interação amigável entre os membros da sua equipe.

Como mensurar os resultados da gestão de pessoas?

Após adotar diversas estratégias para melhorar o engajamento dos colaboradores e criar ótimas condições de trabalho, é hora de identificar em quais situações essas mudanças foram capazes de gerar bons resultados para o negócio.

Isso significa que é importante medir a eficiência de suas estratégias para otimizar a gestão. Entre as diversas maneiras de fazer isso, utilizar indicadores pode ser uma excelente forma de avaliar os avanços de maneira objetiva. Entre os principais indicadores que podem ser utilizados para esse fim, destacam-se: o índice de satisfação dos funcionários, a taxa de evasão dos colaboradores, o ROI e as demais métricas relacionadas ao recrutamento e a seleção de candidatos.

Viu como os pilares da gestão de pessoas podem contribuir diretamente para o sucesso do seu negócio? Então, não perca mais tempo e comece a implementar essas melhorias no cotidiano da sua equipe. Mesmo com pequenas alterações, já se pode observar uma grande melhoria no ambiente de trabalho, além de reduzir drasticamente os níveis de estresse dos seus funcionários.

Gostou do nosso post? Siga nossa página nas redes sociais e confira conteúdos incríveis para auxiliar em sua jornada empreendedora. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: