Saber como começar a investir é uma dúvida que muitas pessoas compartilham. Afinal, este é um processo que diversos especialistas em finanças e economia recomendam, mas que conta também com uma enorme diversidade de opções.

No entanto, desde já, saiba que você está no caminho certo. Isso porque, antes de começar a investir, é fundamental pesquisar mais sobre o assunto e conhecer as diferentes opções à sua disposição.

Neste artigo, fique por dentro de dicas que vão ajudar a dar o pontapé inicial nos seus investimentos da melhor maneira!

Entenda a diferença entre renda variável e renda fixa

Um conceito que você precisa entender, antes de começar a investir, é a diferença entre renda fixa e variável. Na renda fixa, você tem a possibilidade de saber a rentabilidade do ativo financeiro, como é o caso do RDC. LCA e LCI. Essa previsibilidade oferece mais segurança de retornos positivos em comparação à outra opção.

Já na renda variável, a rentabilidade dos ativos financeiros podem mudar a qualquer momento e o preço funciona conforme a lei da oferta e da demanda. Essas variações podem ser positivas, oferecendo retornos vantajosos, ao mesmo tempo, em que podem gerar prejuízos, a depender de fatores externos e internos.

Identifique o seu perfil de investidor

Após entender melhor o que é renda fixa e o que é renda variável, é possível rastrear o seu perfil de investidor, como:

  • conservador — com foco em segurança nas aplicações e preservação do patrimônio, opta por investimentos mais estáveis e com poucas variações;
  • moderado — escolhe um pouco dos dois lados, fazendo aplicações em renda fixa e variável, equilibradamente;
  • agressivo — gosta de se arriscar em opções com chances de rendimentos mais altos, embora não sejam tão estáveis.

Vale destacar que, conforme você ganha experiência com investimentos, o seu perfil pode mudar. Por esse motivo, não considere essa característica como algo fixo, mas como passível de aprendizados.

Faça um planejamento financeiro

Para saber quanto investir e como fazer com que essa decisão seja estratégica, é importante fazer um planejamento financeiro. Com isso, você pode entender melhor os seus gastos, suas receitas e seus objetivos com os investimentos.

Outra vantagem do planejamento financeiro é a maior facilidade de manter o controle das finanças. Desse modo, você consegue se organizar melhor para valorizar os investimentos e aproveitá-los da melhor forma.

Defina um valor para investir

O próximo passo é decidir quanto você deseja investir. Esse valor inicial varia conforme os fatores já mencionados, como escolha do tipo de investimento, perfil de investidor, planejamento financeiro, bem como outros motivos, como:

  • seus objetivos;
  • taxas de rendimento;
  • cenário econômico do país;
  • situação das finanças pessoais.

Diversifique os investimentos

Um conselho interessante para quem quer saber como começar a investir é escolher diferentes opções. Se você optou por seguir a linha mais agressiva e ousada, por exemplo, é possível diversificar uma parte do seu dinheiro em uma carteira de investimentos mais segura e com poucas variações.

Por outro lado, se o seu objetivo é ter um perfil de investidor moderado, pode ser vantajoso aplicar uma maior parte do seu dinheiro em ativos estáveis e com maior previsibilidade. No entanto, ao mesmo tempo, é possível contar com uma parcela também sendo investida em uma opção mais arriscada e com a possibilidade de retornos maiores.

Como você pode ver, saber como começar a investir não é uma tarefa fácil. Por esse motivo, a melhor maneira de se preparar adequadamente é por meio de uma pesquisa aprofundada sobre o tema e contar com instituições confiáveis para aplicar o seu dinheiro. Clique aqui e conheça as linhas de investimento da Credicitrus.

Gostou das dicas? Compartilhe nas redes sociais para que os seus amigos também saibam como começar a investir!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: