O cooperativismo pode ser entendido como uma sociedade que se organiza coletivamente, para resolver problemas comuns do cotidiano. A ideia é que, se unindo em um empreendimento coletivo, é possível obter resultados que dificilmente seriam conseguidos individualmente.

As O cooperativismo é destaque em todo o mundo, por ser um modelo democrático, por seu aspecto social e igualitário, além do apoio a comunidade. Entre os diversos tipos de organizações desse modelo estão as cooperativas de crédito.

O cooperativismo de crédito ou financeiro surge como uma alternativa eficaz para profissionais de diversos seguimentos, no que diz respeito ao acesso a soluções financeiras compatíveis com as suas necessidades.

Para conhecer, dessa forma, como operam as melhores cooperativas de crédito e quais os benefícios de ser um associado de uma delas, acompanhe nosso artigo e confira as informações que separamos por aqui. Continue a leitura!

Descubra os tipos de cooperativas de crédito

Para a legislação brasileira, as cooperativas de crédito são sociedades de pessoas, com natureza jurídica particular, sem fins lucrativos, destinadas a fornecer, de maneira mútua, a prestação de serviços financeiros a seus associados, com direito assegurado a todos os instrumentos do mercado.

A Lei nº 5.764/71, considera as cooperativas de crédito no Brasil conforme a sua dimensão e seu objetivo. Veja quais são elas a seguir.

Singulares (ou de 1° grau)

São cooperativas formadas por, no mínimo, 20 associados, pessoas físicas e/ou jurídicas. E, são caracterizadas pela prestação direta de serviços aos associados.

Compõem o Sistema, seis segmentos de cooperativas de crédito: Empregados Privados; Profissionais Liberais; Rural; Pequenos Empresários, Microempresários ou Microempreendedores; Empréstimos e de Livre Admissão.

Centrais ou Federações (2° grau)

São constituídas por três cooperativas singulares, no mínimo. Seu objetivo é organizar, em comum e em maior escala, os interesses das filiadas, integrando e orientando suas atividades, além de facilitar a utilização recíproca dos serviços.

São instituições independentes, que promovem a integração regional e estadual das cooperativas do Sistema.

Confederações de cooperativas (3° grau)

São formadas por, no mínimo, três centrais ou federações da mesma ou de diferentes modalidades. O objetivo das confederações é orientar e coordenar as atividades das filiadas, nos casos em que o tamanho dos empreendimentos ultrapassarem a capacidade de atuação das centrais e federações.

Segundo dados do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), o sistema é composto por 4,4 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros. Apresenta 450 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação).

Como funcionam as cooperativas singulares?

Como já dito, a cooperativa de crédito singular é criada pela união dos seus associados, pessoas físicas ou jurídicas, com interesse em ter acesso a produtos e serviços financeiros que possam atender a suas necessidades da melhor forma. Os associados são, ao mesmo tempo, proprietários e clientes de sua cooperativa.

Como exemplo, podemos citar a Credicitrus, a maior cooperativa de crédito do Brasil, a qual oferece um vasto portfólio de produtos e serviços financeiros para pessoas físicas e empresas. De acordo com o Sicoob, as cooperativas de crédito singulares são instituições financeiras, não bancárias, controladas por seus associados, que podem oferecer a eles os mesmos produtos e serviços de um banco. .

Seu gerenciamento é realizado através do conselho de administração e fiscal, formados por membros eleitos em assembleia, além da diretoria executiva. Seguem uma legislação específica para cooperativas, como também as normas do Conselho Monetário Nacional (CMN) e são supervisionadas pelo Banco Central.

Quais as vantagens em participar das melhores cooperativas singulares de crédito?

Hoje você não precisa pertencer a uma determinada categoria ou ter uma atividade específica para se associar, pois muitas cooperativas já são de livre admissão.

Pode-se citar as seguintes vantagens, entre outras, em participar de uma cooperativa de crédito:

  • podem oferecer aos seus associados vários serviços financeiros, como contas-corrente, empréstimos e investimentos, investimentos, seguros, consórcios previdência, transferências via DOC e TED, cartões de débito e crédito, entre outros;
  • proporcionam facilidade na abertura de contas — menor custo operacional em relação aos bancos, crédito compatível às condições dos associados e atendimento personalizado;
  • por não visarem o lucro e trabalharem em prol de todo o grupo, oferecem taxas de juros mais atrativas;
  • se houver lucro, no caso das cooperativas, chamado de “sobras”, ele é devolvido aos associados proporcionalmente às suas movimentações — essa distribuição ou rateio é isenta de tributos;
  • ao reduzir as taxas de juros e tarifas de serviços, a cooperativa aumenta a renda de seus cooperados, beneficiando toda a economia local.

Nos últimos anos, o sistema cooperativo avançou muito em relação à governança e transparência, sendo bem avaliado pelo Banco Central. Ele também conta com a cobertura do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), que tem funcionamento parecido com o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) comum, para os bancos. Isto é, cobre até 250 mil reais que o cooperado possui em depósitos e investimentos na instituição.

Em resumo, as cooperativas de crédito têm como propósito prestar serviços financeiros de qualidade e oferecer soluções adequadas para cada perfil de associado. E isso faz grande diferença quando, por exemplo, comparadas aos bancos, que, por sua vez, tentam comercializar seus produtos a todo custo.

As melhores cooperativas de crédito não visam lucro, mas sim o crescimento de seus associados e o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde atuam.

Se você gostou do artigo e quer conhecer os serviços e funcionalidades oferecidos pela cooperativa de crédito Credicitrus, acesse o nosso site agora mesmo. Lá estão disponíveis todas as informações.

Escrito por sicoobcredicitrus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *