Credicitrus participará do maior evento da citricultura brasileira

A Credicitrus estará presente na 47ª Expocitros, que acontecerá entre os dias 6 e 9 de junho, no Centro de Citricultura Sylvio Moreira, em Cordeirópolis, SP, no estande da Citrograf.

Na Expocitros, os cooperados terão à sua disposição o completo portfólio de soluções financeiras oferecidas pela Cooperativa para esse segmento, no qual tem larga tradição. E os demais visitantes poderão conhecer os diferenciais do modelo de negócios cooperativista.

Vale destacar que a Credicitrus foi fundada por citricultores. Portanto, a citricultura está no DNA da Cooperativa e continua fortemente representada em seu quadro social, graças ao conhecimento acumulado durante anos sobre essa atividade, embora hoje esteja aberta à admissão de pessoas físicas e jurídicas de todos os setores da economia.

A Expocitros, que depois de dois anos retorna ao formato presencial, é o principal ponto de encontro da América Latina entre produtores e técnicos atuantes na citricultura e fornecedores de insumos, máquinas, implementos e serviços de consultoria para esse segmento.

Ao mesmo tempo, o evento tem proporcionado a todos os integrantes da cadeia de negócios citrícola atualização científica e mercadológica por meio de palestras proferidas por pesquisadores, professores e especialistas na área.

Greening requer atenção

Um dos principais destaques desta edição da feira será a campanha “Greening é coisa séria”, lançada no início do ano pelo Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), alertando para os riscos de avanço da doença no cinturão citrícola paulista e conscientizando os produtores sobre os métodos de controle recomendados.

Segundo levantamento realizado pela entidade, o greening atingiu em 2021 seu maior índice médio (22,37% das plantas afetadas), com incidências críticas nas regiões de Limeira (61,75%), Brotas (50,40%), Porto Ferreira (37,84%), Avaré (29,41%) e Duartina (26,15%).

O Fundecitrus destaca atenção especial para os seguintes agravantes observados nesse levantamento: em Brotas, seis em cada dez laranjeiras adultas estão doentes; e, em Limeira, sete em cada dez têm a doença.

Nas duas regiões, é alta a porcentagem das plantas jovens contaminadas, de 27,9% e 32%, respectivamente. São números similares aos registrados na Flórida, principal região citrícola dos Estados Unidos, que tem sido seriamente prejudicada pelo greening. Deve colher neste ano sua menor safra de laranja desde o aparecimento da doença em seus pomares, em 2005.

Expocitros

Durante o evento, acontecerá a 43° Semana da Citricultura. Serão quatro dias de intensa programação de assuntos relacionados à fitossanidade, inovação tecnológica, nutrição, economia e políticas públicas do setor. Saiba mais, clicando aqui.

>>> Leia também:
Planejamento financeiro torna safra mais previsível
Plano Safra: Credicitrus oferece amplo portfólio de crédito para agropecuária
Seguro dá mais tranquilidade ao produtor rural

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: